Arcon visita Altamira e região do Xingu

Arcon visita Altamira e região do Xingu

A diretoria da Agência de Regulação e Controle…

Viagem inaugural em lancha rápida marca novo transporte entre Belém e Salvaterra

Viagem inaugural em lancha rápida marca novo transporte entre Belém e Salvaterra

Começou a operar nesta terça-feira, 12, um serviço de lancha…

Estudantes devem estar atentos sobre a meia passagem intermunicipal

Estudantes devem estar atentos sobre a meia passagem intermunicipal

A Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado…

Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2011 JoomlaWorks Ltd.
sikis izle sexerotik

 


Arcon aponta queda em número de infrações registradas na Operação Verão

O quarto final de semana de fiscalizações da Operação Verão 2016, realizado pela Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon-PA) terminou com redução no número de infrações registradas nos modais rodoviário e hidroviário. Cerca de quatro mil veranistas passaram pelo Terminal Hidroviário de Belém de sexta-feira (22) até o domingo (24).

As equipes do Grupo Técnico de Transporte Hidroviário (GTH) registraram apenas dois autos de infração, 12 a menos do que na última semana.

Durante o período saíram, em média, três mil passageiros do porto de Icoaraci com destino a Camará. Em Algodoal, quatro mil pessoas utilizaram o serviço hidroviário, com aproximadamente 40 passageiros por embarcação. Em Igarapé Miri, Colares e nos portos Arapari-Jarumã e Amazonat passaram mais de doze mil passageiros, ao todo.

As fiscalizações ocorreram em parceria com a Capitania dos Portos e o Grupamento Fluvial do Corpo de Bombeiros (GEFLU), além da Companhia de Portos e Hidrovias do Estado do Pará (CPH), que administra o Terminal Hidroviário de Belém.

No modal rodoviário foram realizadas aproximadamente 2,5 mil abordagens, resultando na lavratura de 379 autos de infração, com uma redução de 29% em relação ao fim de semana anterior. Os fiscais do Grupo Técnico de Transporte Terrestre (GTT) realizaram três apreensões, nas quais um veículo não era regulado pela Agência. A irregularidade mais encontrada foi o excesso de passageiros.

“Neste fim de semana tivemos apenas uma apreensão de veículo clandestino, reforçando que a presença da Arcon nos municípios de grande fluxo reduz a operação desse transporte. Esperamos intensificar cada vez mais essa presença”, avalia o diretor de normatização e fiscalização, Karim Zaidan. “Seguimos recomendando aos passageiros para que não utilizem qualquer tipo de transporte não regulado pela Agência”.

Foi verificado uma diminuição no fluxo de pessoas até Mosqueiro, porém em direção a Marudá, no nordeste paraense, houve um aumento no volume de ônibus. Salinópolis, também no nordeste do Estado, manteve-se na média de veranistas em comparação com as semanas anteriores.

No modal rodoviário, a Arcon-PA trabalha em parceria com as equipes do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran-PA), Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Texto: Vanessa Pinheiro
Fotos: Assessoria de Imprensa

Boletos bancários emitidos pela Arcon poderão ser pagos somente até sua data de vencimento

A Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon) alerta os operadores de transporte intermunicipal de passageiros que os pagamentos dos boletos bancários emitidos pela Arcon a partir de 13 de julho poderão ser efetuados somente até sua data de vencimento. Caso o operador perca esse prazo, deverá solicitar a emissão de um novo boleto junto à Agência.

Terceiro final de semana de férias tem maior volume de passageiros e abordagens feitas pela Arcon

As fiscalizações da Operação Verão 2016 da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon-PA) neste terceiro fim de semana das férias tiveram aumento de abordagens modal rodoviário, e no volume de passageiros no hidroviário. As equipes da Arcon-PA registraram um aumento de 70% na emissão de autos de infração para veículos, no período de 15 a 17 de julho, em relação à semana anterior.

Os agentes do Grupo Técnico de Transporte Terrestre (GTT) realizaram aproximadamente três mil abordagens, cerca de 60% a mais do que no segundo fim de semana. Foram emitidos 530 autos de infração e apreendidos 11 veículos. Os principais problemas encontrados foram excesso de passageiros, motorista auxiliar não credenciado, veículo estacionado em parada não homologada pela Arcon-PA, ausência de documentação obrigatória e suspensão de horários.

A maioria das equipes de fiscalização do modal rodoviário já atua com tablets para a emissão dos autos de infração, que garantem mais agilidade e reduzem os erros humanos na lavratura.

“A Agência estará presente nos principais portos e terminais rodoviários do Estado, de maneira a intensificar a fiscalização do transporte hidroviário e rodoviário de passageiros, garantindo que o viajante se desloque em um transporte seguro”, afirma o diretor de normatização e fiscalização da Arcon-PA, Karim Zaidan.

"Alcançamos um número maior de abordagens com um planejamento focado na atuação da fiscalização em rotas onde a tendência seria um fluxo muito maior de veranistas. Levamos em consideração eventos de verão que sugeriam um deslocamento muito acima do registrado no fim de semana anterior em municípios como Salinópolis e Bragança, onde atuamos de maneira permanente com apoio dos órgãos de segurança", completa Zaidan.

As fiscalizações do modal hidroviário registraram que 13 mil passageiros saíram em direção ao Marajó, partindo dos portos e do Terminal Hidroviário de Belém. Durante o final de semana foram constatados dois fatos fora da normalidade: uma perfuração no casco da lancha que faz a linha Belém/Barcarena e o encalhe da embarcação que realiza a travessia de Marudá, que aconteceu próximo à margem, sem maiores transtornos aos passageiros.

Uma notificação por não cumprimento de gratuidade foi reportada e foram emitidos 14 autos de infração por falta de limpeza, supressão de horários e aumento de tarifa sem autorização do Conselho Estadual de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Conerc).

Karim Zaidan reforça a importância de o usuário atuar também como fiscal de seus direitos e optar sempre pelo transporte regulado pela Arcon-PA. “O que recomendamos é que os passageiros não utilizem transporte clandestino. Ao fazer isso, os passageiros colocam em risco sua vida e seus direitos”.

Serviço: Denúncias e pedidos de informação podem ser feitos pelo telefone 0800-0911717, pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou diretamente no plantão dos pontos de atendimento da Arcon nos terminais rodoviário e hidroviário. Denúncias também podem ser enviadas para o número (91) 98887-6148, que é WhatsApp.

Texto: Vanessa Pinheiro
Fotos: Assessoria de Imprensa

Arcon visita Altamira e região do Xingu

A diretoria da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon-PA), representada pelo diretor geral, Bruno Guedes, e pelo diretor de normatização e fiscalização, Karim Zaidan, visitou o município de Altamira de quarta-feira (13) a quinta-feira (14). O objetivo foi dar prosseguimento às ações da Arcon-PA nos municípios do interior do Estado e melhorar sua atuação na fiscalização.

"Levando em consideração que o núcleo técnico/operacional da agência fica instalado em Belém, a Diretoria estipulou como meta visitar os quatro cantos do Estado, como forma de vivenciar a realidade de cada região e ouvir as necessidades, de usuários e operadores", esclareceu Bruno Guedes.

Foi realizada uma vistoria nas instalações do Terminal Rodoviário de Altamira e no posto da Agência dentro do espaço. Os diretores participaram de reunião com a equipe fixa de fiscalização no Terminal, composta por um supervisor e dois controladores, onde foi discutida a estrutura do posto e as necessidades da equipe.

A gerente da Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (Sinart), administradora do Terminal, apresentou onde serão realizadas as melhorias e resoluções dos problemas detectados, como falta de ventilação.

Dando continuidade à visita, a diretoria da Arcon-PA participou de reunião com algumas das Cooperativas de Transporte Rodoviário de Passageiros que atuam na região. Na ocasião foi apresentada a equipe de fiscalização que ficará fixa no Terminal Rodoviário e discutidas sugestões para a melhoria do transporte de passageiros.

“A ida da diretoria da Arcon a Altamira faz parte das ações da Agência em regiões consideradas pólos, onde aproveitamos para avaliar a atuação no município, identificar necessidades, avançar no diálogo com os operadores, intensificando e melhorando sempre a atuação da Arcon no Estado”, sumarizou o diretor de normatização e fiscalização, Karim Zaidan.

Foi entregue, ainda, a Ordem de Serviço definitiva à empresa Markosul para operar no serviço de transporte convencional, com a linha Senador José Porfírio-Altamira, que transporta os funcionários do Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM).

Os diretores da Arcon-PA foram conhecer a linha que a empresa opera e, a convite, visitaram a área externa da obra da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. A visita foi guiada pelo engenheiro de produção do Consórcio Montador Belo Monte (CMBM), Hugo Resende, pelo chefe de transporte e pelo engenheiro mecânico do CCBM, Josmar Antunes e Alfredo Duarte, respectivamente.

Dentre as pautas discutidas nessas regiões, a Arcon-PA tem voltado a atenção também para o setor de Saneamento, agindo conjuntamente com o Ministério Público do Estado (MPE) e Municípios.

Texto: Vanessa Pinheiro
Fotos: Assessoria de Imprensa